Neutralizar odores: É possível retirar um cheiro ruim do ambiente?

Antes de entender a eficácia de produtos de neutralização de odores é preciso entender o processo de formação de um cheiro no ambiente. O cheiro é propagado através de moléculas que ficam suspensas no ambiente e que vão se movendo de acordo com a força do ar (vento). Algumas destas moléculas possuem uma explosão maior e outras de menor sensibilidade. Cheiro de peixe fresco, fumaça de cigarro, plástico queimado ou gordura de alguns alimentos, por exemplo, exalam com imensa força e propiciam muitas vezes uma sensação bastante desagradável.
text3

Temos que lembrar também que, diferente de uma música em que para eliminar do ambiente bastaria apertar o botão OFF do seu rádio, o cheiro ruim passa por um processo de eliminação, até que seja totalmente eliminado.

E uma terceira informação que é importante ser ressaltada é sobre a acomodação olfativa. Muitas vezes o ambiente que propiciamos aos nossos clientes e colaboradores tem um cheiro bastante desagradável mas, por estar há certo tempo neste espaço, nós já nem sentimos mais aquele cheiro ruim e acabamos esquecendo que os novos visitantes podem apresentar total repulsa aquele odor.

Entendidas estas três premissas conseguimos sim esclarecer que existem produtos no mercado capazes de eliminar odores. O grande problema é, na verdade, que a maior parte dos produtos que encontramos com este tipo de anúncio são na verdade desodorizadores de ambientes. A diferença é que enquanto o neutralizador de odores quebra estas moléculas mal cheirosas o desodorizador simplesmente coloca uma fragrância de perfume, muitas vezes à base de solventes para que tenha uma explosão maior, e na verdade não realiza sua principal função, que seria a de eliminar o cheiro ruim. Logo, nesta segunda opção a medida que a fragrância vai sendo eliminada o ‘fedor’ volta, dando ainda mais trabalho.

Você já passou pela situação de passar um perfume depois de um dia inteiro trabalhando. Quem já passou por isso sabe que a situação fica ainda pior e logo vem a mente: “Seria melhor ter ficado sem o perfume mesmo!” Isso acontece porque nesta hora estamos misturando os dois cheiros: o cheiro que já havia se formado no corpo junto com o cheiro artificial do perfume e acabamos criando um terceiro odor.

Por isso, na hora de procurar um produto para neutralização de odores em seu ambiente é importante ler o rótulo e as especificações, para que não compre gato por lebre.

 

Deixe uma resposta